5 passos para se planejar financeiramente para a festa do seu filho

A primeira coisa a se pensar e o que a maioria das pessoas NÃO faz, é planejar quanto se pode investir na festa. Sentar e planejar isto, é fundamental para definir suas prioridades em relação ao evento.


Não sou nenhuma expert em finanças, mas posso te dizer, por experiência própria, que um fator muito importante para o bom planejamento e organização de uma festa é ter clareza de quais são suas prioridades e quanto pode investir em cada item da festa, independente do tamanho dela. Aqui vão meus 5 passos para que você não caia em nenhum apuro referente às finanças da festa!


1- QUANTO TEMPO ANTES?

Caso o seu planejamento financeiro não inclua uma reserva para as festas da família (o que é a grande realidade da maioria de nós) e você pretenda fazer uma festa mais elaborada, chamar toda a família e amigos, sugiro que inicie este planejamento com um ano de antecedência, vai depender se você vai precisar juntar dinheiro ou não e do valor que consegue economizar para chegar ao seu objetivo. Se for algo mais simples, com 6 ou 4 meses de antecedência, você consegue fazer tudo com calma.


2- COMO COMEÇAR?

É claro que para planejar o valor que pode investir em cada item, é sempre bom ter uma noção do valor de mercado de cada item ou serviço que vai precisar, então, neste planejamento, inclua uma breve pesquisa de fornecedores, e essa pesquisa não precisa ser muito formal não, perguntar para as amigas já ajuda bastante neste caso. Se tiver tempo e quiser ser mais fiel, faça pelo menos 3 orçamentos com cada fornecedor e tire a média.


3- O QUE VOU PRECISAR?

Aqui está uma lista dos itens e serviços que pode precisar para a festa:

- Comes e bebes ou serviço de buffet

- Decoração - Entretenimento - Lembrancinhas - Bolo e doces - Convites e papelaria - Móveis - Centros de mesa - Fotografia / filmagem

- Toalhas de mesa

- Música


4- COMO SELECIONAR?

Para facilitar, selecione os itens na seguinte ordem:

- Essenciais: aqueles que não podem faltar.

- Quero bem caprichado: aqueles que precisam ter ou que você faz questão de dar uma incrementada e investir um pouco mais. Neste, pode haver itens que foram colocados na primeira opção também. Exemplo: Comes e bebes, mas você faz questão de pagar um buffet para não se preocupar com reposição e servir as mesas.

- Plus: aqueles que se sobrar no orçamento vai ser um "plus" na festa, mas não fará falta se não tiver.

Acho legal fazer assim, pois planejamos com mais prazer a economia que vamos fazer, já que o resultado vai ser bacana!


5- COMO ECONOMIZAR?

Agora é o momento que você vai ver quanto você tem disponível, ou que consegue economizar até uns 3 meses antes da festa, para não contratar de última hora e correr o risco de não ter o fornecedor disponível, ou já contratar e ir pagando aos poucos também é uma boa possibilidade. Pra não se apavorar e não sentir muito, divida o valor que vai economizar em pequenas frações, por exemplo, você precisa juntar R$5000,00 em 5 meses, seriam R$1000,00 por mês, mas também R$250,00 por semana ou R$35,00 por dia. Vê como fica mais leve?


Tudo isso que falei independe do padrão, do investimento e do estilo da festa, sei que sentar e planejar parece chato e demorado, mas garanto que organização e planejamento liberta!


Bora festejar, minha gente!


#dicasdeplanejamento #planejamentofinanceiro #planejamentodefesta #organizaçaodefesta

  • Ícone do Facebook Preto
  • Ícone do Instagram Preto
  • Ícone do Pinterest Preto